Você está aqui
Home > Se Liga! > Em Cuba, o Projeto Amigo Skate Leva o Esporte até o País.

Em Cuba, o Projeto Amigo Skate Leva o Esporte até o País.

cuba

Cuba é uma pequena ilha banhada pelo mar do Caribe, com um ambiente agradável e agitada por natureza. E esse foi o destino do fotógrafo carioca Luiz Furtado, que teve a oportunidade de conviver com skatistas cubanos, documentar a situação e as dificuldades que os jovens enfrentam para poder praticar o esporte que amam. Com isso, foi produzido um curta apresentando o projeto social Amigo Skate que fornece todos os equipamentos de forma gratuita para os jovens e torna possível a prática do esporte no País.

Para poder se ambientar e ter contato com os skatistas locais, Luiz doou seu skate para uns meninos que estavam andando de Skate na rua. Apesar desse ato do brasileiro, não foi o Skate doado que aproximou os garotos de Luiz, mas sim o simples fato de chegar e conversar com eles.

Segundo ele, foi muito curioso ver o comportamento dos meninos assim que receberam o Skate, pois um deles quis saber por quanto ele estava vendendo e quis dar-lhe um cheque e após saberem que era de graça, a primeira coisa que fizeram foi desmontar o Skate e dividir as peças entre todos que ali estavam. Este pequeno gesto mostra que em Cuba o Skate é feito apenas de união e amizade.

A Situação do Skate em Cuba

Para os skatistas da ilha caribenha não é fácil praticar o esporte, porque além de não terem acesso fácil a equipamentos, o País também não tem locais apropriados para se andar de Skate. O único lugar que se pode chamar de Skate Park está em más condições, com rampas metálicas enferrujadas e muito perigosas.

Apesar das dificuldades os jovens persistem e evoluem no esporte, como por exemplo, Alberty, um menino de 15 anos e promessa no skate em Cuba. Segundo Luiz, isso se nota quando o jovem sobe no skate e começa a embalar pelas ruas de Havana, mostrando todo seu talento e paixão pelo que faz.

Outro jovem que se destaca no grupo com o qual o brasileiro se encontrou é Julián, o mais velho do grupo e que sempre toma a frente nas negociações e conversas com a polícia. Assim como aqui no Brasil e vários outros lugares do mundo, a relação entre polícia e skatistas não é nada boa. Os jovens recebem multas frequentemente dos policiais por andar em lugares “indevidos” e às vezes são até mesmo levados à delegacia. Mas mesmo assim não desistem do Skate.

O projeto Amigo Skate Cuba

Os skatistas René, dos Estados Unidos, e Che Pando, de Cuba, criaram o projeto Amigo Skate Cuba no ano de 2009 e desde então vem realizando eventos de caridade nos Estados Unidos para arrecadar peças novas e usadas e transportar para Cuba com o fim de apoiar e difundir o esporte, atuando como embaixadores do Skate no País.

Em Cuba não existem Skate Shops e a única forma de levar equipamentos para o País é levando skatistas para lá, com o “propósito” de fazer apresentações e campeonatos para levarem o máximo de Skates e peças que puderem para distribuir para os jovens.

O projeto vem crescendo a cada ano que passa e hoje já conta com colaboradores de diversos países como Brasil, Canadá, Colômbia, Porto Rico e Venezuela. Você pode conferir o site do projeto clicando aqui.

A filosofia do Skate em Cuba

A cena do Skate em Cuba começou por volta dos anos 80 quando soldados russos deixaram seus Skates com algumas crianças de rua que se envolveram com o esporte e desde então a prática do esporte vem rolando durante mais de 30 anos e não por coincidência, uma dessas crianças hoje faz parte do projeto Amigo Skate Cuba.

Para Luiz o maior aprendizado durante a viagem e produção do documentário foi que, apesar de tudo, o Skate para os jovens cubanos é sinônimo de diversão acima de qualquer coisa. Diferente de tantos outros lugares onde o Skate é visto como algo lucrativo e muitos pensam logo em ser patrocinados para ganhar dinheiro e viver do esporte, parecendo que se esqueceram do principal, que é curtir e se divertir com os amigos.

Com isso, foi produzido o curta documental Amigo Skate Cuba, cujo apresenta a rotina diária de jovens cubanos e o papel do Skate em suas vidas.

Confira o curta e também alguns registros fotográficos do brasileiro logo abaixo:

Fonte:

Uno Skatemag / Amigo Skate / Pense Skate

Fotos: Luiz Furtado

link news copycomentários copy

Leia Também:

Na Etiópia Projeto Social Apresenta o Skate ao País

As meninas skatistas do Afeganistão

Felipe Holman
Felipe Holman
Além de curtir skate desde muito tempo, é Publicitário, Designer Gráfico e também criador do projeto Maloka - Skate e Cultura Urbana.
http://www.malokaskate.com.br

Deixe uma resposta

Top